Grupo de Estudos da Escuta (Listening Studies)

Sediado no site  Sense and Sound, da Universidade de Stanford, o Grupo Estudos da Escuta reúne pesquisadores e colaboradores de diversas áreas de estudos, juntamente com artistas, músicos, escritores, cantores, e poetas.
Espaço teórico, prático e experimental, dedicado à pesquisa de Escutas variadas: Ética, Poética, Psicanalítica, Literária, Musical, Etnográficas, entre outras. Espaço para partilha e divulgação de projetos nessa área.


O G.E.E. abrange três linhas de pesquisa: 1. Escritas de ouvido; 2. Escuta desarmada; 3. Escuta da linguagem. As escritas de ouvido propõem que no coração da literatura brasileira encontra-se o pulsar de uma escrita auditiva, elaborada por autores que “escrevem de ouvido”. A escuta desarmada privilegia a imersão em comunidades orais, por meio de uma postura que prioriza a experiência com vivências locais e a produção partilhada do conhecimento. A escuta da linguagem propõe explorar novas formas para a apresentação de pesquisas científicas, englobando a produção de texturas sonoras, como formas de inserção da expressividade e da experiência estética no conhecimento científico.
 
Projetos já disponibilizados no site:
 
 
Áudios. Minas Gerais, Brasil  (An impressive collection of more than 300 audio files. Coleção: Sérgio Bairon)
 
 
Livrofonia  (Programa de Rádio  por Jamille Pinheiro Dias e Mariá Portugal. Episodio 1.C.Lispector)
 
Sousândrade Soundscapes. (Sonic Textures created by Luca Bacchini)
 

Curadoria: Marília Librandi-Rocha

Contato: marilialibrandi@gmail.com

Parcerias:  O G.E.E  é um Grupo de Pesquisa do CNPq, e tem parcerias com o Instituto Diversitas (USP),  o GP “Performar a Literatura (UFPR),  o  Centro de Estudos Contemporâneos (Rua Itápolis 507, SP), Universidade Feevale (Novo Hamburgo, RS). Conta com a colaboração e parceria de professores de diversos Departamentos de Letras e de Antropologia no Brasil, Europa e Estados Unidos.

Alguns dos Pesquisadores Vinculados: Alexandre Nodari (UFPR), Vincent Barletta (Stanford U); Amy Schiess(Stanford U), Sérgio Bairon (USP); Luca Bachini (Itália); Jacob P. Goldberg (Centro de Estudos Contemporâneos)l Jamille Pinheiro Dias (USP); Denise Blanco Sant’Anna (Univ. Feevale); Ana Claudia Specht (Univ. Feevale)