Boe Ero Kurireu – A Grande Tradição Bororo

Boe Ero Kurireu – A Grande Tradição Bororo — é o primeiro filme de Paulinho Ecerae Kadojeba. No filme, Paulinho nos explica o que há de mais importante nele: são os indígenas que falam de si próprios. O filme teve a produção e interlocução da Aivone de Carvalho e de Sérgio Sato. Vale acompanhar com muita atenção o que Paulinho narra com imagens durante o filme, não somente sobre a cultura do funeral Bororo, como também suas críticas direcionadas ao descuidado da grande mídia em abordar as temáticas indígenas. As imagens expostas com efeitos foi uma opção de Paulinho Kadojeba para não expor à comunidade em geral, cenas que são proibidas para mulheres bororos.